FESBE 2016

   Integrantes do Grupo de Pesquisa em Toxicologia Ambiental do Laboratório de Bioquímica e Biologia Molecular do Campus Sertão, participaram do evento científico XXXI FESBE (Federação das Sociedades Brasileiras de Biologia Experimental), entre os dias 29 de agosto e 1º de setembro desse ano, na cidade de Foz do Iguaçu/PR.

 Essa edição foi particularmente especial, pois sete das 13 sociedades científicas que compõem a FeSBE fizeram seus congressos anuais dentro da Reunião Anual da FeSBE, promovendo dessa forma maior intercâmbio científico entre as sociedades.
Nessa oportunidade foram apresentados trabalhos à nível de iniciação científica, pelos alunos Ani Carla Concato, Eduarda Costa e Carlos Diego Ribeiro dos Santos, acadêmicos dos Cursos Superiores em Tecnologia em Gestão Ambiental e Agronomia, respectivamente,  e à nível de mestrado stricto sensu, com o trabalho apresentado pela servidora Carla Alves, todos do Campus Sertão.

   O trabalho apresentado pela aluna Eduarda Costa foi escolhido para apresentação oral pelo RENAMA (Rede Nacional de Métodos Alternativos) devido ao uso dos nematoides Caernohabditis elegans em substituição ao uso de animais vertebrados, intitulado: “Investigação sobre paradigmas toxicológicos do alumínio e a Doença de Alzheimer em Caenorhabditis elegans”. Salienta-se a importância da participação da equipe no evento devido à oportunidade de troca de conhecimentos e experiências, assim como forma de destacar os estudos científicos desenvolvidos no IFRS Campus Sertão, que estão comprometidos com o uso de métodos alternativos para a investigação e resolução de problemas ambientais que trazem prejuízos à saúde da população e ao ambiente.”

  Os trabalhos publicados foram:

condicionantes-e-estrategias-de-permanencia-no-meio-rural-dos-jovens-da-agricultura-familiar-a-importancia-da-educacao-no-campo

representatividade-da-atividade-leiteira-nas-propriedade-familiares-de-alto-alegre-rs